Sinalização em lares de idosos

Os lares de idosos são locais onde se deve ter um cuidado acrescido aquando da sua sinalização pois os seus utilizadores caracterizam-se como sendo pessoas que, de alguma forma, apresentam mobilidade condicionada. A capacidade de reacção a um alarme, em caso de emergência, não é a mesma que num edifício frequentado por pessoas de uma idade inferior. Por este motivo, a sinalização de segurança deve ser redobrada de forma a providenciar aos idosos uma evacuação rápida e segura.

Se, na ausência de luz uma pessoa jovem, em pleno uso das suas faculdades motoras e visuais, já sente dificuldade em percorrer um determinado caminho de evacuação o que sentirá uma pessoa idosa que já não caminha com a mesma facilidade nem tem o mesmo nível de visão e de percepção?

Está provado cientificamente que, em caso de emergência e de ausência de luz, a primeira coisa que procuramos é a segurança de onde colocar o pé e onde colocar a mão. Está também provado que, num determinado percurso de evacuação, a presença de sinalização ao nível do solo – e, caso exista, no corrimão –, o tempo de evacuação e o pânico reduzem significativamente.

Desta forma, é de extrema importância, especialmente nestes locais, a sinalização dos:

 - Botões de alarme e interruptores de luz



- Corrimãos e degraus ao longo do percurso de evacuação



- Rampas



- Números de telefone de emergência e outras instruções de segurança apropriadas



- Numeração dos quartos (em caso de emergência, e na ausência de luz, é muito importante conseguir identificar rapidamente cada quarto) 
  


- Modo de abertura da porta dos quartos



- Plantas de emergência nos pisos e na face interior das portas dos quartos






voltar