Editorial

Sinalux: 100% portuguesa, com certeza

A Sinalux é uma empresa fabricante de sinalização de segurança fotoluminescente, 100% portuguesa, que iniciou a sua actividade na Figueira da Foz no ano de 1989. Orgulhamo-nos de controlar todas as etapas de produção dos nossos produtos… falam português!

Há quase 22 anos que a Sinalux trabalha para ser a empresa referência do mercado global da segurança, inicialmente no mercado nacional e desde 1991 no mercado internacional, investindo não só em produtos e serviços de qualidade mas também na investigação e desenvolvimento de novas soluções de segurança.

A internacionalização foi e é, inevitavelmente, um objectivo estratégico da empresa. Através dos conhecimentos alcançados e da partilha de experiências adquiridas nos mercados externos, a Sinalux acredita conseguir contribuir melhor, não só para o seu próprio negócio mas também para o dos seus clientes portugueses. Prova disso são as inúmeras obras e exportações já feitas por clientes nossos nos mais diversos mercados mundiais. Temos contribuído indirectamente para que empresas nacionais nossas clientes tenham ganhado obras em mercados como Angola, Moçambique, Cabo Verde, Senegal, Marrocos, Espanha, América Latina, Médio Oriente, Singapura e muitos outros mais.

Neste sentido, a internacionalização da Sinalux e o seu conhecimento adquirido, é também uma mais-valia para os nossos clientes, permitindo trabalhos em conjunto e parcerias de sucesso. Conhecer toda a legislação internacional, ter a competência de produzir em conformidade com as normas dos mais diversos países, saber adequar os produtos às mais diversas necessidades e exigências, são importantes mais-valias que colocamos à disposição de todos os nossos clientes.

Um relacionamento de parceria efectiva com os instaladores e os projectistas tem permitido que a produção e o serviço Português, na área do projecto de segurança e da sinalização fotoluminescente de segurança, estejam presente em mais de 40 países. 

Contribuímos, efectivamente, para uma melhor economia nacional!
voltar